Membro do SIND-UTE divulga reivindicações dos professores da rede estadual

Em assembleia realizada na última quarta (07/07) educadores optaram pelo início da greve sanitária a partir desta segunda (12/07).

Leandro Vidal e Sergio Luiz Faria
Leandro Vidal e Sergio Luiz Faria

Durante assembleia on-line que aconteceu na última quarta-feira (07/07), professores da rede estadual de Minas Gerais entram sanitária de uma semana desde de segunda-feira (12/07). A categoria, conforme o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), está contra a reabertura das escolas e o ensino presencial durante a pandemia.



A volta do ensino presencial foi autorizada pelo Tribunal de Justiça do estado e a reabertura marcada pela Secretaria Estadual de Educação (SEE). Mas somente estão em funcionamento as escolas que tem o aval das prefeituras.

No programa “Estúdio C” deste sábado (10/07), convidamos o professor Sergio Luiz Faria, que é membro do SIND-UTE, para nos das esclarecimento sobre a situação e divulgar o posicionamento dos professores.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 13 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comente e Compartilhe nas Redes Sociais!