Sindicato do Jazz

 

 

James Moody nasceu em Savannah, Georgia no dia 26 de março de 1925. Foi criado em Newark, New Jersey. Assumiu o sax, um presente de seu tio, quando tinha 16 anos de idade.

 

Esse mestre do jazz teve uma história de vida fantástica.

 

Em 1946, depois de prestar serviço na Força Aérea dos EUA, Moody entrou para a banda de outro gênio, Dizzy Gillespie. Essa associação rendeu uma página na história do jazz, além do humor inesgotável, ambos invovaram no estilo de tocar o jazz permitindo o surgimento do movimento bebop.

 

Moody tocou com jovens talentos daquela época, tais como: Milt Jackson, Kenny Clark, Ray Brown, Thelonius Monk, Dinah Washington e Brook Benton.

 

Em 1949, Moody mudou-se para Suécia onde gravou sua obra mais comentada, da qual acendeu sua fama para o mundo, a balada Moody’s Mood for Love.

 

Ao regressar para os EUA, em 1952 com um som novo em suas mãos, James Moody aproveitou o ensejo para mostrar seu improviso e o sucesso foi imediato.

 

A partir daí não parou mais e muitos músicos de renome passaram por seu caminho.

 

A relação de Moody com a música transborda as linhas da partitura. Ele foi incrível, um ser humano gentil, disposto a ajudar qualquer iniciante com sua bagagem musical.

 

Tanto na flauta como no sax, o som flui com profunda ressonância e nitidez, o que faz dele uma das figuras mais expressivas do jazz morderno. Era capaz de encantar e mover pessoas.

 

 

Nesse disco, lançado em 1973, podemos perceber um som original, carregado de grooves pesados.

 

Este álbum tem uma gravação clássica, lírico e brilhante. O que chama atenção é que quase ninguém sabe sobre esta gravação. Aqui o funk fala mais alto.

 

 

Moody morreu em San Diego, em 09 de dezembro de 2010, de complicações decorrentes de câncer de pâncreas.

 

 

Vídeos:

 

Moody’s Mood for Love – Live at The Royal Festival Hall, London, 1989

 

 

Mmm Hmm – 1965

 

 

 

 

Músicas:

01. Don’t Let Me Be Lonely

02. Good Sense Humor Man

03. First Thing In The Morning

04. Country City Country

05. World Is A Ghetto

06. Trilby

07. You’re Right As Rain

08. Moody’s Mood

 

 

Músicos:

James Moody (sax e flauta)

Richard Evans (baixo)

Tennyson Stephens (piano)

Jodie Christian (piano e tamborim)

Marshall Thompson (bateria e congas)

Andre Fischer (bateria)

 

 

Ouça abaixo o programa na íntegra.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 8 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comente e Compartilhe nas Redes Sociais!